Nabizão amanhece com muros pichados em protesto contra a má fase do Red Bull Bragantino

0

É, não está fácil para o Red Bull Bragantino. O clima tenso nos bastidores do clube teve reação imediata grande parte dos torcedores, que se mostraram extremamente descontentes com a situação do time perante as últimas apresentações.
O principal alvo é o Goleiro Cleiton, que foi anunciado pela equipe em fevereiro deste ano, adquirido por nada menos que R$ 23 milhões.
Diante de tamanho investimento realizado, e a atuação do jogador, que vem falhando – e feio – em diversos jogos, a torcida já vem se posicionando fortemente decepcionados através das redes sociais do clube.

Diante de toda essa situação, na manhã desta sexta-feira (11), os muros do estádio Nabi Abi Chefia amanheceram pichados, com dizeres “cadê o futebol?” e “Cleiton: muito R$ e pouco futebol”.

A Red Bull, agora, precisa entender que possui uma torcida que precisa ser ouvida, diferentemente do que ocorria em Campinas.

No Brasil, a pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, nos termos do artigo 65 da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais), que estipula pena de detenção de 03 meses a 01 ano, e multa, para quem pichar, grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano.

O que você achou, torcedor?

Por Eduardo Sales

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here