Administração Municipal repassa mais de meio milhão às entidades assistenciais de Bragança Paulista

0

No final da tarde da última segunda-feira (07/10), o Prefeito Jesus Chedid e o Vice Amauri Sodré fizeram o repasse mensal às entidades assistenciais que atuam em diversos segmentos sociais. Foram mais de meio milhão de reais repassados ao terceiro setor.

A Prefeitura, de acordo com a Lei Federal nº 13.019, celebrou termos de colaboração, atráves de chamamentos públicos, em que firmou parceria com as organizações da sociedade civil para oferta de serviços em diversas áreas.

Na ocasião, a Secretária de Ação e Desenvolvimento Social (SEMADS) Margarete Alvarenga salientou que as entidades são essenciais na oferta de serviços assistenciais à comunidade. Além disso, explicou que sem eles seria quase impossível a Prefeitura dar conta de atender tantas necessidades em áreas distintas.

As doze entidades beneficiadas foram a Casa da Benção, o Serviço Assistencial de Acolhimento Institucional (SAMA),  a Vila São Vicente de Paulo, o Asilo São Vicente de Paula, a Associação Companheiros do Menor de Bragança Paulista (COMENOR), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE),  a Associação Beneficente São Lucas, a Associação Educacional Cultural e de Integração Social Bragantina, a Associação Mata Ciliar, a Associação Comunitária Santo Expedito (ACOSE), o Espaço Comunitário de Aprendizagem (ECOA) e a Associação de Proteção aos Animais Faros d’Ajuda. O total repassado foi às entidades foi de  R$ 735.233,95.

O Vice-prefeito Amauri Sodré explicou que quando a atual Administração assumiu não havia verba no caixa para pagamentos das entidades, mas com empenho, dedicação e a política adotada, desde 2017 todos os repasses estão sendo depositados mensalmente no quinto dia útil, sem nenhum atraso.

“Fazer a promoção e assistência social não é tarefa fácil, precisa de muito amor, desprendimento e carinho. Precisa regar todos os dias para dar frutos. Não é fácil para uma pessoa assumir que precisa de ajuda, por isso, o atendimento precisa ser feito de forma humanizada. Precisamos incentivar os jovens a seguirem esse caminho”, falou o Prefeito Jesus Chedid.

Conforme explicou o Secretário de Finanças Luciano Apº. de Lima as prestações de contas são vistoriadas pelas áreas que liberam recursos: educação, saúde, assistência social e meio ambiente. Depois são vistoriadas pelo próprio Tribunal de Contas e fica disponível para que vereadores possam consultar.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here