Governo de SP autoriza reabertura do comércio em duas etapas; veja regras

Anúncio foi feito em coletiva de imprensa no início da tarde desta sexta (16). Gestão de João Doria manteve fase vermelha e definiu datas para liberação gradual de setores da economia até o final de abril em todo o estado.

0

O governo de São Paulo decidiu alterar a quarentena e reabrir parte do comércio a partir do domingo, 18. No entanto, está mantida a fase vermelha em todo o estado. O governo está chamando esta fase de ‘transição’ e separou duas etapas: comercial e de serviços. Até então, as regras da fase vermelha não permitiam a abertura de serviços considerados não essenciais. O toque de recolher, das 20h às 5h, permanece.

Os shoppings e comércio de rua podem funcionar a partir do domingo, das 11h às 19h. Cultos religiosos podem voltar a partir do domingo. O setor de serviços, com restaurantes e salões de beleza, podem retomar as atividades presenciais no dia 24 de abril, com o mesmo horário, das 11h às 19h. Atividades culturais, como museus, seguem a mesma regra dos serviços. Academias retomam também no dia 24, mas em duas faixas de horário: das 7h às 11h, e das 15h às 19h. A capacidade de funcionamento de todos os setores é de 25%.

O movimento no sentido de menos restrições não muda as regras da educação. As aulas presenciais estão permitidas, com capacidade de 35%. O teletrabalho segue obrigatório para todas as atividades administrativas.

 (Governo de São Paulo/Divulgação)

A quarentena na fase vermelha está em vigor desde o dia 12 de abril, após o estado ficar quase um mês na fase chamada de “emergencial” em que todos os serviços não essenciais precisaram ficar fechados.

De acordo com o governo estadual, o que permite uma retomada de parte do comércio é a queda de 17% na média de novas internações de pacientes com a covid-19 na última semana em relação a semana anterior.  A taxa de ocupação de leitos de UTI, que chegou a ficar acima de 95% por quase um mês, diminuiu gradativamente e está em 85%. Outro dado positivo é que nos últimos dias há mais altas hospitalares que internações.

Regras a partir do dia 18 de abril

  • Comércio e shoppings: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Salões de beleza e academias precisam ficar fechados
  • Restaurantes e bares: é permitida a entrega (delivery) por 24h. A compra sem sair do carro (drive-thru) e a retirada no local valem das 5h às 20h. O consumo no local é proibido
  • Padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercado, proibido o consumo no local
  • Teletrabalho de serviços administrativos é obrigatório
  • Parques e praias ficam fechados
  • Toque de recolher das 20h às 5h
  • Igrejas e templos podem abrir, com capacidade de 25%
  • Escolas podem abrir, com capacidade de 35%

Regras a partir do dia 24 de abril

  • Comércio e shoppings: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Restaurantes: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Bares só podem funcionar na modalidade restaurante, seguindo as mesmas regras
  • Padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercado, e consumo no local segue modelo de restaurantes
  • Salões de beleza: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Academias: abertura permitida em dois horários, das 7h às 11h, e das 15h às 19h. Capacidade é de 25%
  • Teletrabalho de serviços administrativos é obrigatório
  • Parques e praias abertos
  • Atividades culturais (museus, galerias e similares): das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Toque de recolher das 20h às 5h
  • Igrejas e templos podem abrir, com capacidade de 25%
  • Escolas podem abrir, com capacidade de 35%

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here