Após denúncias, 34 aves são apreendidas em residência em Bragança Paulista

Todos os animais foram encaminhados para a Instituição Mata Ciliar

0

Na última sexta-feira (09/04), após denúncia realizada através do eOuve, da Divisão de Bem Estar Animal (Dibem), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, foram apreendidas 34 aves em uma residência na Vila Aparecida em Bragança Paulista. A ação contou com o apoio da Guarda Civil Ambiental (GCA) e representantes da pasta de Meio Ambiente.

Dentre as aves encontradas no local, estão: 15 canários-da-terra (Sicalis flaveola), 02 picharros (Saltator similis), 01 sabiá-pardo (Turdus amaurochalinus), 02 tico-ticos (Zonotrichia capensis), 02 bigodinhos (Sporophila lineola), 02 coleirinhos (Sporophila caerulescens), 01 azulão (Cyanocompsa brissonii), 01 bicudo (Oryzoborus maximiliani), 01 tico-tico-rei (Coryphospingus cucullatus) e 07 canários-belgas (Serinus canaria).

Das aves apreendidas, 27 são consideradas animais silvestres e 7 classificadas como exóticas. Também foi recolhido na residência, uma arapuca, utilizada como equipamento de captura.

As aves foram encontradas em um cômodo no fundo da residência, e o proprietário não possuía nenhuma autorização para posse dos animais. Durante a ação, foi constatado que os pássaros se encontravam em situação de maus tratos, tendo em vista as condições precárias das gaiolas e alimentação.

Após o ocorrido, todos os animais foram encaminhados à Instituição Mata Ciliar, para os devidos cuidados e futura soltura à natureza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here