Prefeitura segue orientando comerciantes sobre decretos

0

Dando continuidade as diversas medidas preventivas tomadas em âmbito municipal e estadual contra a propagação do Covid-19 (novo Coronavírus), a Prefeitura de Bragança Paulista tem se preocupado em desempenhar estratégias para orientar a população e principalmente os comerciantes sobre as atividades comerciais durante este período, com base no Decreto Estadual nº 64.881 e no Decreto Municipal nº 3.226.

Tendo em vista a demanda de estabelecimentos no município e as inúmeras dúvidas dos comerciantes, na última segunda-feira, 23, foi formado um comitê com integrantes das Secretarias Municipais de Segurança e Defesa Civil, Assuntos Jurídicos, Mobilidade Urbana, Obras e Juventude, Esporte e Lazer (SEMJEL), que determinaram procedimentos a serem tomados para atender todo o município e orientar o comércio local sobre as medidas a serem adotadas por eles, de modo que cumpram as determinações dos decretos. Foram designadas 10 equipes, divididas em 8 regiões da cidade, que percorrerão diversos locais realizando fiscalizações de teor orientativo.

As forças de segurança pública também seguem percorrendo os bairros do município, orientando e notificando comerciantes sobre o funcionamento de estabelecimentos em diversos segmentos. Nesta terça-feira, 24, a Guarda Civil Municipal e as equipes de fiscalização orientaram 71 estabelecimentos e fecharam mais 17, que estavam em descumprimento com as medidas preventivas. O transporte público também recebeu o supervisionamento e 13 ônibus foram fiscalizados, sendo os responsáveis orientados sobre a disponibilização de álcool em gel e a devida higienização dos veículos.

Cabe ressaltar, que a iniciativa tem como objetivo instruir a população da melhor maneira neste momento onde as medidas prezam pela prevenção e enfrentamento ao novo vírus. As medidas foram tomadas para evitar aglomeração de pessoas, diminuindo assim a possibilidade de o vírus se propagar.

A principal orientação para a população é que evite ao máximo sair de suas residências e permaneçam em isolamento social. O apelo se estende principalmente aos idosos com mais de 60 anos, que possuem maior vulnerabilidade ao vírus e precisam tomar todos os cuidados devidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here