Zé Felipe é acusado de plágio por Cantor de Bragança Paulista

Carlinhos Mutuca, compositor e cantor da música ‘Vip Vap’, registrada desde 2020, diz que Zé Felipe plagiou sua música com ‘Toma Toma Vapo Vapo’. Ele pede indenização por plágio e danos morais.

0
Foto: Reprodução
Publicidade

O cantor Zé Felipe está sendo processado pelo compositor José Carlos de Lima Pereira, mais conhecido como Carlinhos Mutuca. Ele afirma que o hit “Toma Toma Vapo Vapo” seria, na verdade, um plágio de uma das canções de autoria de José Carlos, a faixa “Vip Vap”. O caso corre na Comarca de Bragança Paulista.

A música Toma Toma Vapo Vapo foi apenas um dos seis hits emplacados por Zé Felipe entre o top 50 das principais plataformas musicais em 2022. Ela já conta com quase 200 milhões de visualizações no YouTube.

De acordo com Mutuca, assim que ouviu a canção, percebeu a semelhança com o seu hit ‘Vip Vap’. O cantor, que mora em Bragança Paulista, se apresenta com a música desde 2016, quando participou de programas de TV, mas fez o registro em seu nome em 2020.

Ouça trechos das duas músicas

Ação na Justiça

Na ação movida na 4ª Vara Cível em Bragança Paulista, Mutuca alega que a semelhança entre elas está na sonoridade da expressão que dá o título da música e a expressão, que faz referência a atos libidinosos. No documento entregue à Justiça, ele usa o refrão como comparativo.

Na sua canção, Mutuca canta:

Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap / Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap / Vip vap vip vap vip vap vip vap / Vip vap vip vap vip vap vip vap / Vip vap é cachaça louca / A mulher fica beba e tira a roupa / O que não era pra ver todo mundo já viu / Ela tirou a calcinha e mostrou / Chegou polícia no bar / Ela vai vestir a calcinha / Vip vap não vai mais tomar / Chegou polícia no bar / Ela vai vestir a calcinha / Vip vap não vai mais tomar / Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap

Na canção de Zé Felipe, no refrão o sertanejo canta:

Brota na minha casa, eu vou te dar um chá bem dado / Brota na minha casa, eu vou te dar um chá bem dado / Oh toma-toma, vapo-vapo / Dentro do seu quarto / Oh toma-toma, vapo-vapo / Dentro do meu quarto / Oh toma-toma, vapo-vapo / Toma rebolado / Oh toma-toma, vapo-vapo / Se liga bebê, ah / Oh toma-toma, vapo-vapo / Toma espolagem / Ah, toma, toma, toma / Dentro do meu quarto

Na ação, Carlinhos Mutuca alega que a canção do sertanejo Zé Felipe é uma ‘obra derivada’, o que cabe como plágio.

Mutuca pede indenização citando Zé Felipe, que canta o hit com ele, além dos compositores no registro da canção, a produtora e agravadora. Ele ainda pede R$ 30 mil em indenização por danos morais pelo plágio. O processo foi proposto em abril deste ano e ainda está em fase de citação dos envolvidos.

Procurada, a assessoria do cantor Zé Felipe afirma que o cantor e a equipe já tomaram conhecimento da ação posposta por José Carlos. “Assim sendo, o departamento jurídico está elaborando defesa e comprovando que inexiste razão no mérito do pedido, como também que o Zé Felipe é apenas o intérprete da música (cantor)”, diz. O comunicado ainda diz que as demais questões deverão seguir entre o autor do processo e as gravadoras e produtoras envolvidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here