Mais 120 gavetários estão sendo construídos no Cemitério da Saudade

No ano passado, 80 gavetários verticais já haviam sido implantados.

0

Com o intuito de aumentar a vida útil do local e dar a necessária rotatividade para novos sepultamentos, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Serviços está realizando a construção de mais 120 gavetários verticais no Cemitério da Saudade.

Os gavetários estão sendo construídos utilizando peças pré-moldadas em concreto, desenvolvidas especificamente para esse fim, que se encaixam formando lóculos sobrepostos de fácil e rápida montagem. As peças estão adequadas para receber o sistema de filtragem de gases conforme exigências do CONAMA.

Além disso, o cemitério vertical carrega diversos benefícios ao local, sendo evitados diversos impactos ambientais. Nestes espaços, a decomposição é feita por um sistema anaeróbico, ou seja, utilizando oxigênio dentro das gavetas. Por meio de um canal especial para este fim, há sempre oxigênio circulando entre as gavetas. Através dele, a maioria dos gases tóxicos são eliminados. Os que são lançados na atmosfera, já estão purificados.

Outro fator positivo é que este tipo de construção elimina o problema de falta de espaço. Afinal, o que se vê é um crescimento da população que acarreta também um aumento significativo dos níveis de mortalidade.

Cemitério da Saudade

O Cemitério da Saudade, com seus 221 anos de existência, tem implantado cerca de 5800 jazigos, chamados de construções definitivas, entre túmulos, jazigos, mausoléus, capelas e cenotáfios. Atualmente, são estimados 20 mil túmulos particulares existentes no local.

Em 2020, o número de sepultamentos foi considerado normal em relação aos últimos anos. Já em 2021, nos três primeiros meses e no decorrer de abril, os números foram crescendo, chegando a triplicar em março, com recorde de sepultamentos, sendo 242 casos, quando a média era 90/100 casos mensalmente.

Antes da pandemia, o cemitério recebia em média 500 visitas diárias. Em 2020, no dia de Finados, 23 mil pessoas visitaram o cemitério, seguindo os protocolos de higiene, com aferição de temperatura, disponibilização de álcool gel, uso obrigatório de máscara e entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here