Bragança Paulista terá campanha para cadastro de doadores de Medula Óssea

0

A fim de captar doadores voluntários de Medula Óssea, o Centro de Hematologia e Hemoterapia – Hemocentro da UNICAMP, com apoio da Prefeitura de Bragança Paulista, Secretaria de Saúde, realizará no próximo sábado (13/07) campanha para cadastro de doadores de Medula Óssea.

Para se tornar um doador é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde e não ter doença infecciosa transmissível pelo sangue. A ação ocorrerá das 9h às 13h, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Catedral), localizado na Praça Raul Leme, no Centro.

De acordo com a última atualização do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea – REDOME, feita em maio deste ano, o Brasil possui o cadastro de 4.895.590 pessoas, sendo 850 a média de pacientes em busca de doador não aparentado. Além disso, os dados mostram que o Estado de São Paulo possui como rede de colaboração 3 Centros de Transplantes não aparentado, 10 Centros de coleta, 13 Hemocentros e 12 laboratórios.

A medula óssea é um tecido gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, conhecido popularmente por ‘tutano’. Nela são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas. O transplante de medula óssea é recomendado a pacientes com doenças que afetam as células do sangue, como leucemias, anemia aplástica (produção insuficiente de células sanguíneas na medula óssea) e linfomas (câncer que começa nas células do sistema linfático).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here