Entrando em Cena Mostra Tudo acontece de 20 a 24 de novembro em Bragança Paulista

0

Começa na próxima terça, dia 20 de novembro, e vai até o sábado, dia 24, mais uma edição do Entrando em Cena Mostra Tudo, ação que tem por objetivo apresentar ao público tudo o que foi produzido no decorrer do ano pelo Instituto Entrando em Cena.

A programação intensa e extensa traz apresentações das diversas atividades que representam todas as frentes de atuação do Instituto: circo, teatro, dança e cultura popular, em números, performances e espetáculos Dividida em quatro blocos: Consciência Negra, Especial Escolas, Mini-temporada e Virada Criativa, a programação é toda gratuita e aberta ao público.

Consciência Negra

Na terça, dia 20, feriado em celebração às nossas raízes africanas, o Instituto acompanha a programação realizada pela Secretaria Municipal de Cultura com apoio da ABUC – Associação Bragantina de Umbanda e Candomblé, da Conselheira Municipal Izilda Toledo, da Cia Malungos do Baque e, também, do Entrando em Cena.

A partir das 8h começa a concentração para a Caminhada Zumbi dos Palmares, que parte as 9h da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e segue em direção à Praça Cel. Jacinto Osório, no Matadouro. Ali, a partir das 10h, acontecem diversas apresentações culturais: afoxé, maracatu, capoeira, roda de côco, hip hop e samba.

As 15h, o Núcleo Negro de Pesquisa e Criação apresenta a leitura encenada “Fala das Profundezas”, jogo cênico que se dá por uma proposta estética de dramaturgia

e que pretende tencionar, de forma dialética, os diferentes pontos de vista a respeito da origem da desigualdade social no Brasil, a meritocracia, e as consequências destes dois temas nas relações afetivas da população negra. A apresentação contará com a participação da tradutora e intérprete de Libras, Malu Silva.

Logo em seguida, as 16h, acontece uma roda de conversa sobre Arte Engajada, com participações confirmadas de Pai Bil, Izilda Toledo, Heri Roots, Elvis Tanque, Jerê Nunes, Gabriel Cândido, Paula Martins, Susana Nogueira, Dafnis Cakau Proença, Malu Silva e Chris Alcantara e representantes dos grupos que se apresentarão durante a programação, a confirmar. Quem mediará a mesa será a Profª Fátima Guimarães, Coordenadora do CDPAH – Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa em História da Educação, da Universidade São Francisco.

Especial Escolas

De quarta a sexta, as 15h, a programação é especial para escolas e instituições e acontecem no Espaço Cultural Entrando em Cena.

Serão diversas apresentações ao decorrer dos três dias, com as turmas de Teatro, Dança Contemporânea, Malabares e Circo: Aéreos do Primeiro Ato e ainda o Espetáculo “Dois ou Um” com o Corpo Instável.

Mini-Temporada

Também de quarta a sexta, porém as 20h, o Núcleo Bagaceiros, grupo de Segundo Ato fomentado pelo Entrando em Cena, apresenta a mini-temporada do espetáculo “Amarelo Bandeira,Verde Brasil: Pré-Colonialismo”.

A peça trata da história do Brasil por meio da abordagem de fatos políticos e sociais, desenvolvendo e explorando diversas linguagens artísticas, a fim de encontrar no passado os motivos das condições atuais da política no país.

Escolas e instituições interessadas em levar grupos para as programações da tarde e noite dos dias 21 a 23, podem entrar em contato com Maria Fernanda, pelo número 11 9 7656 – 9310.

Virada Criativa

No sábado, dia 24, a programação começa as 15h, e não tem hora para acabar. Durante a tarde, acontecem as apresentações das turmas de circo, teatro, dança contemporânea, malabares e yoga artístico do Primeiro Ato. O Corpo Instável estará presente com atividades de Brincar de Circo e performances.

Quem encerra a primeira parte da programação é a turma do Ateliê de Novos Suportes Aéreos, que apresenta o processo criativo de montagem livremente inspirada e O Mágico de Oz.

As 21h começa a Festa Espetacular com Palco Aberto, espaço aberto para apresentações de artistas interessados. A inscrição prévia para se apresentar pode ser feita pelo link http://bit.ly/PalcoAbertoMostraTudo. O encerramento da Virada Criativa fica por conta do grupo Batuque de Okan, como roda de côco.

Realização

As ações do Instituto Entrando em Cena são realizadas por meio da Lei Rouanet, Lei Federal de Incentivo à Cultura, e do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – ProAC ICMS. Tem patrocínio das empresas, Energisa, CSN, Aldebrás e Ceal – Centro de Alimentos.

Endereços

As apresentações do Dia da Consciência Negra acontecem no Centro Cultural Geraldo Pereira, que fica na Praça Cel. Jacinto Osório, 26, no Matadouro.

As demais programações, a partir do dia 21/11, acontecem no Espaço Cultural Entrando em Cena, localizado na Av. dos Imigrantes, 3334, no Lavapés.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here