Covid-19: Bragança Paulista não registra novas internações e está desde abril sem óbitos

Queda no total de casos foi de 90% entre março e abril

0
Foto: Júnior Aguiar/Secom

Neste início de maio, Bragança Paulista não registrou nenhuma nova internação em leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ou em Enfermaria, de pacientes com Covid-19. A atualização é da última terça-feira (03). No mês de abril, houve duas internações em Enfermaria e apenas uma em UTI. O último óbito registrado foi em março.

O total de casos confirmados caiu drasticamente entre março e abril: 90%, passando de 3.879 para 342. O pico de casos ocorreu em fevereiro, com 4.705 confirmações. Em maio, há até o momento 25 casos positivos.

Relatório da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica, mostra queda em número de novas internações e óbitos. Em Enfermaria, foram 80 internações em janeiro, caindo para 33 em fevereiro e 5 em março. Abril apresentou apenas 2 internações e maio não tem nenhum bragantino internado no momento.

Com relação às internações em UTI, foram 19 em janeiro, caindo para 14 em fevereiro, para 2 em março e apenas 1 em abril. Maio não tem bragantinos em UTI.

Bragança Paulista também não apresenta óbitos por Covid-19. Em março houve uma morte confirmada. Já em abril e neste início de maio, não há registros.

Até 03/05 havia 7 casos suspeitos em investigação, sendo 3 casos suspeitos em isolamento clínico e 4 em isolamento domiciliar – todos aguardando resultado dos exames.

Do total de casos confirmados no município desde o início da pandemia, 94,15% são casos leves, que não necessitaram de internação. Os casos graves (Hospitalização em UTI e/ou Óbito) foram 2,48%. Casos moderados (Hospitalização >4 dias, sem UTI) representam 1,91% do total e de leve a moderado (Hospitalização de até 4 dias) são 1,46%.

“A Administração Jesus Chedid e Amauri Sodré sempre tratou como prioridade o combate à doença e trabalhou muito no avanço da vacinação de nossa população. Nós da Secretaria de Saúde não medimos esforços em tomar as medidas necessárias para controlar a Covid-19 o mais rápido possível, para o retorno à normalidade”, destaca a Secretária Municipal de Saúde, Marina de Oliveira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here