Projeto concede reajuste salarial e aumenta vale-alimentação dos servidores municipais de Bragança Paulista

Ainda haverá bonificações de Páscoa, Dia do Servidor e Natal, além de faltas abonadas

0

O Prefeito Jesus Chedid encaminhou à Câmara Municipal nesta segunda-feira (17/01), o Projeto de Lei que concede reajuste salarial de 21% aos funcionários públicos municipais. Além da adequação salarial, os servidores terão aumento de 34% no vale-alimentação, que passará a R$ 700,00, bonificações das festividades da Páscoa, do Dia do Funcionário Público Municipal e do Natal, e direito a três faltas abonadas.

“É com muita alegria que anunciamos o aumento salarial de 21% para todos os funcionários públicos, a partir do dia 1º de maio. Também será concedido o reajuste de 34% no vale-alimentação, chegando a R$ 700 por mês. Parabenizo a nossa equipe de trabalho para concedermos esse reajuste justo e tão sonhado pelo funcionalismo público”, afirmou o Prefeito Jesus Chedid.

“Com responsabilidade na gestão fiscal do município, estamos concedendo o reajuste para aumentar o poder aquisitivo dos servidores diante da alta da inflação no país. A atualização dos valores salariais e do vale-alimentação objetiva permitir a recuperação do poder de compra dos servidores, dentro da capacidade orçamentária do município, buscando, também, assegurar a prestação de serviços públicos de qualidade à população”, afirma o Executivo na justificativa do Projeto de Lei.

Ficou estabelecido o reajuste de 21%, aplicados sobre os salários praticados em abril de 2022, a todos os servidores públicos municipais, a partir de 1º de maio de 2022. Está sendo viabilizado, também, o reajuste de 34% do crédito no vale-alimentação, que passará para R$ 700,00. Além disso, a Prefeitura concederá a todos os servidores públicos municipais, ativos, inativos, aposentados e pensionistas, inclusive aos comissionados, alimentos alusivos às festividades da Páscoa (R$ 50,00), do Dia do Funcionário Público Municipal (R$ 50,00) e do Natal (R$ 100,00) por servidor.  Por fim, será mantido o benefício das faltas abonadas para o exercício de 2022, salientando que os servidores municipais serão beneficiados com três faltas abonadas para o período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2022.

A correção salarial e do vale-alimentação não ocorria desde 2019 por força da Lei Federal nº 173/2020, que congelou qualquer tipo de aumento e a concessão de benefícios devido ao enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O projeto de lei foi entregue pelo Secretário Chefe de Gabinete, José Galileu de Mattos, e o Secretário de Administração, Darwin da Cruz Gonçalves, à Presidente da Câmara, Gislene Bueno, nesta segunda-feira (17/01), na Câmara Municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here