Trio que aplicava golpes com vendas falsas na internet é preso em Bragança Paulista

Grupo foi preso em flagrante nesta terça (23) em uma casa no bairro do Cruzeiro.

0

Três homens foram presos por aplicar golpes na internet nesta terça (23), no bairro Cruzeiro em Bragança Paulista.

Segundo informações do boletim de ocorrência (BO), Policiais Civis da DIG estavam investigando uma quadrilha especializada em golpes na internet, consistentes em site falso de venda de produtos eletrônicos – eles anunciavam vendas de produtos e após receberem o valor equivalente, não os enviava para os compradores.

Após as investigações, foi solicitado mandado de busca e apreensão domiciliar e os policiais se dirigiram à residência alvo da investigação, no bairro do Cruzeiro, onde detiveram três indivíduos.

O imóvel funcionava como uma espécie de “agência do crime”, havendo ali 01 computador e 03 notebooks, estando um deles linkado na página da internet utilizada para a prática criminosa.

Também foram encontrados na residência 03 telefones celulares, 57 chips de telefones, diversas caixas vazias dos produtos anunciados e várias outras caixas vazias e lacradas para envio via Correios.

Três indivíduos que ali se encontravam foram identificados um de 23 anos, um de 22 anos e outro de 19 anos.

Os mais velhos negaram a prática de qualquer crime e alegaram que ali estavam casualmente, mas um deles se identificou como sendo o proprietário do imóvel.

Por sua vez, o mais novo confessou a prática delitiva, alegando que mantinha um site na internet e um perfil na rede social Instagram, através do qual anunciava os produtos inexistentes, fazia uma montagem fotográfica para provar que o produto existia e desta forma receber o pagamento.

Depois disso não fazia o envio do produto e alterava o número do seu telefone para perder o contato com a vítima.

Ele disse ainda que recebia os pagamentos por meio de uma plataforma eletrônica que não estava vinculada a uma conta bancária tradicional, para assim evitar que pudesse ser identificado. Por fim, o jovem afirmou que estaria praticando essa atividade criminosa há cerca de um ano.

Os três foram levados para a delegacia, onde ficou constatado que contra todos eles havia vários boletins de ocorrência, figurando como autores de golpes dessa espécie, demonstrando que se uniram de forma estável e permanente para a pratica dos golpes há muito tempo.

Eles foram autuados em flagrante por associação criminosa e apresentados em audiência de custódia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here