Escolas Municipais participam do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos

Trata-se de um programa que visa fomentar a educação e a cultura empreendedora por meio de atividades lúdicas pertinentes ao tema.

0

Em parceria com a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) desenvolveu em diversas escolas, que contemplam o Ensino Fundamental, o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP. Nos primeiros finais de semana de novembro, os alunos de duas escolas da rede municipal de ensino colocaram em prática o que aprenderam durante as atividades alusivas ao projeto.

Na ocasião, os estudantes das Escolas Municipais Rurais Guaripocaba dos Souza e Agudo dos Frias realizaram uma feira de jovens empreendedores e comercializaram produtos produzidos por eles, como ervas aromáticas, temperos naturais e brinquedos ecológicos. Além disso, colocando em prática as habilidades empreendedoras desenvolvidas em sala de aula, as crianças gerenciaram todas as atividades oferecidas durante a festa.

O JEPP visa fomentar a educação e a cultura empreendedora, por meio de atividades práticas que possibilitem o aluno a desenvolver as características necessárias para uma boa gestão da própria vida. Diante disso, a proposta do projeto engloba os quatro pilares da educação básica proposta pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que são: aprender a conhecer; aprender a fazer e agir sobre o meio envolvente; aprender a viver juntos para cooperar com o próximo em todas as atividades humanas; e aprender a ser.

A proposta pedagógica do projeto varia de acordo com cada ano do Ensino Fundamental, isto é, cada turma desenvolve uma atividade diferenciadas, com o objetivo de sensibilizar os alunos a tomarem decisões, assumirem riscos calculados e a desenvolverem a capacidade de identificar ao seu redor oportunidades de renovação. As propostas são as seguintes: 1º ano – O mundo das ervas aromáticas; 2º ano – Temperos naturais; 3º ano – Oficina de brinquedos ecológicos; 4º ano – locadora de produtos; e 5º ano – sabores e cores.

Este projeto propõe uma educação empreendedora para os alunos do Ensino Fundamental, a fim de incentivá-los a buscar o auto conhecimento e o aprimoramento em novas atividades. A atual Administração compartilha deste pensamento, por isso acredita que desenvolver este projeto nas Escolas Municipais é algo de extrema importância para o aprimoramento do conhecimento humano e da intelectualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here